Isabel Wilkerson: a estrutura social do racismo

Isabel Wilkerson: a estrutura social do racismo

Em abril de 2021, a jornalista americana Isabel Wilkerson participou do Festival serrote para apresentar seu livro Casta: as origens de nosso mal-estar (Zahar), uma investigação sobre as raízes históricas e as consequências profundas do sistema hierárquico que sustenta o racismo na sociedade americana. Um trecho do livro foi publicado na serrote 35-36.

Na conversa, que foi mediada pela escritora Juliana Borges, ela falou sobre o impacto da pandemia de covid-19 em países onde as divisões raciais e sociais são mais profundas, como Brasil, Índia e Estados Unidos. Wilkerson também discutiu as origens do projeto de Casta e os desafios enfrentados pelas mulheres negras.

A íntegra da conversa está disponível neste vídeo, com tradução simultânea.

E neste vídeo, com áudio original em inglês.

Isabel Wilkerson (1961) é jornalista, vencedora do Prêmio Pulitzer e da Medalha Nacional de Humanidades, e autorade de Casta: as origens de nosso mal-estar (Zahar). Publicou também The Warmth of Other Suns, eleito um dos dez melhores livros de não ficção dos anos 2010 pela revista Time, e ganhou o prêmio National Book Critics Circle de não ficção em 2010.

Juliana Borges (1982) é escritora e estuda política criminal. Consultora do Núcleo de Enfrentamento, Monitoramento e Memória de Combate à Violência da OAB-SP e conselheira da Iniciativa Negra por uma Nova Política sobre Drogas. Feminista antipunitivista e antiproibicionista, é autora dos livros Encarceramento em massa (Pólen) e Prisões: espelhos de nós (Todavia). Na serrote, publicou os ensaios “A quem interessa lotar as prisões?” (#33) e “A vida pulsante das periferias” (#35-36)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *