serrote #22

serrote #22

serrote #22

Clique aqui para comprar a revista.

 

ENSAIO
Lucia Miguel Pereira / Peter Blake
Sobre os ensaístas ingleses
De como a crítica literária brasileira traça, na década de 1950, um panorama perspicaz – e pioneiro no país – do que de fundamental se escreveu no ensaísmo britânico entre Francis Bacon e Walter Pater.

William Hazlitt / Peter Blake
Sobre os ensaístas de periódico
De como uma geração de ingleses recriou no século 18 a forma inventada por Montaigne, aplicando a liberdade de julgamento à vida cotidiana, promovendo o encontro entre o filósofo e o fofoqueiro.

ARTE
Laura Erber / Andy Warhol
O fator Ileana Sonnabend
Na narrativa predominantemente masculina do mundo da arte, a atuação da galerista conhecida como “Mom of Pop” ilumina as tramas complexas da mudança do eixo artístico da Europa para os EUA.

CULT
Max Beerbohm
O espírito da caricatura
Ao resumir seu personagem, apresentar o que nele é mais peculiar, o caricaturista busca uma risada meramente estética, que corresponde às lágrimas derramadas diante de uma obra perfeita como a Vênus de Milo.

PSICANÁLISE
Adam Phillips / Gerhard Richter
Contra a autocrítica
Censor e juiz, provedor e guardião, o superego tal como Freud o concebeu deve ser considerado um perfeito chato, que acredita demais em sua aparente plausibilidade.

ENSAIO VISUAL
John Berger / Selçuk Demirel
Catarata: observações após uma remoção

DIÁLOGO
Charles Juliet
Encontros com Samuel Beckett
Entre 1968 e 1977, o poeta francês manteve com o dramaturgo irlandês quatro conversas dominadas pelo silêncio eloquente característico do universo beckettiano.

MEMÓRIA
Joseph Mitchell / Janet Malcolm
Robeson em Manhattan
Árvores, animais, rios e histórias de famílias são cenários, personagens e capítulos do folhetim interminável em que o autor de O segredo de Joe Gould transformou a memória de sua infância no campo.

OUTRAS QUESTÕES DE VIAGEM
Um russo no Brasil, um chileno na Itália e um brasileiro na Colômbia: roteiros na acidentada tradição dos que escrevem para viajar, viajam para escrever.

Joseph Brodsky
Depois de uma viagem ou Homenagem às vértebras

Alejandro Zambra
À procura de Pavese

Paulo Roberto Pires
Devíamos ter ficado em casa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *