serrote #16

serrote #16

Clique aqui para comprar a revista.

IMPRESSÕES DE VIAGEM
Triste Brasil, ELIZABETH HARDWICK
Dez anos depois do golpe, a escritora volta de uma visita ao país certa de que, aqui, começo e fim se encontram tragicamente 

 

ENSAIO PESSOAL
Instantâneo de um cão, JAMES THURBER
Rex, o bull terrier, parecia um palhaço e, às vezes, um político. Forte, brigão e de boa índole, marcou para sempre a vida de três meninos

 

CINEMA
A imagem persistente, MARTIN SCORSESE
A luz, metáfora da criação, e a ação recriada fazem da linguagem do cinema uma interrogação sobre quem e o que somos

 

ENSAIO
A potência estética da nostalgia, ANDRÉ ANTÔNIO BARBOSA [+]
Nem sempre conservadora, a ideia de pertencimento a passados distantes pode ser base de uma crítica radical aos valores contemporâneos

O ensaio e sua prosa, MAX BENSE [+]
Terreno intermediário entre a criação e a convicção, o ensaio é uma peça de realidade em prosa que não perde de vista a poesia

 

LITERATURA
Escrever, W.H. AUDEN
Nenhum escritor quer ser a única pessoa que já existiu, mas a maioria deseja ser a única pessoa viva. E muitos acreditam nisso

 

ALFABETO serrote
# de Jogo da velha, KEITH HOUSTON

 

ENSAIO VISUAL
ANTONIO DIAS

 

ARTE
Os caminhos para o Renascimento, LORENZO MAMMÌ
A pintura flamenga está no centro da discussão que passa por Burckhardt, Huizinga e Panofsky sobre a origem da grande arte do século 15

Estética laissez-faire, JED PERL
Na arte contemporânea, o mercado dá as cartas de um jogo em que qualquer experiência que se tenha com uma obra é igual a qualquer outra

 

ARTES VISUAIS
ALOISIO MAGALHÃES
ODIRES MLÁSZHO
NELSON LEIRNER
EADWEARD MUYBRIDGE
BEN SHAHN
DAVID LEVINE
LYGIA PAPE
ED RUSCHA
OSWALDO GOELDI

 

FILOSOFIA
Em que tempo vivemos?, JACQUES RANCIÈRE
Refletir sobre a divergência entre as temporalidades global e de cada um é alternativa para pensar um mundo marcado pela ideia do “fim”

 

FICÇÃO
América! América!, DELMORE SCHWARTZ
De volta para a casa dos pais, o jovem Fish percebeu que o desprezo pelo próprio passado mostrava sua unidade inquebrantável com ele

Ó, Delmore, LOU REED

 

CARTA ABERTA
Sobre algumas particularidades da doença e da morte, MICHEL DE MONTAIGNE
O autor dos Ensaios escreve a seu pai para narrar os últimos momentos do filósofo que o inspirou nas reflexões de Sobre a amizade

3 respostas para serrote #16

  1. Marcos Lacerda disse:

    Minha dúvida é a seguinte: como é possível colaborar com textos para a revista?

  2. Pingback: Revista serrote #16: lançamento e conversa - Blog do IMS

  3. Esse número tá demais! Sempre temos os nossos favoritos! Parabéns.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *