serrote #17

serrote #17

Clique aqui para comprar a revista.

POLÍTICA
Anotações sobre a palavra “povo”, ALAIN BADIOU
Reacionário quando associado a uma nacionalidade, revolucionário no adjetivo “popular”, o termo é hoje parte sensível do léxico político

PERFIL
Falsos começos, JANET MALCOLM
Escrever sobre David Salle é ser forçada a fazer uma paródia de sua arte melancólica de fragmentos, citações e ausências

ENSAIO
Saudades de casa, ANA ALMEIDA
Deixar o conhecido, em viagem real ou não, é assumir um ponto de vista crítico sobre viver e estar no mundo, perceber e ser percebido

Ponte e porta, GEORG SIMMEL
Abrir passagens entre lugares foi dos maiores feitos do Homem: mais do que vencer distâncias, ele produziu o prodígio do caminho

LITERATURA
O silêncio dos livros, GEORGE STEINER
A cultura impressa que perpetuou os valores do Ocidente fez esquecer suas origens orais e termina hoje por mascarar sua vulnerabilidade

Ficções da vida e da morte, JAMES WOOD
A literatura é uma versão laica do
funeral religioso, momento privilegiado em que podemos ver princípio e fim de uma existência

POP
Os Beatles são um pouco de tudo para todas as pessoas, ALEXANDRE EULALIO [+]
Em sua atmosfera absurda, no seu enfrentar corajoso do bom senso e do ridículo, há na banda uma inegável passagem do cabotinismo ao lirismo

ENSAIO VISUAL
Sobre a forma, JEAN-CHRISTOPHE BAILLY

HISTÓRIA
O improvável Édipo stalinista, RUBÉN GALLO
Discípulo e correspondente de Freud, um jurista mexicano usou e abusou da psicanálise para tentar entender o assassinato de Trótsky

ARTES VISUAIS
FRED SANDBACK
LEÓN FERRARI
DAVID SALLE
RODRIGO ANDRADE
IRAN DO ESPÍRITO SANTO
SEYMOUR CHWAST
MANUEL ÁLVAREZ BRAVO
FRANCIS ALŸS
FRANK STELLA

CULTURA
Itinerários extraterritoriais, JUAN VILLORO [+]
Vítima do exotismo e enredada no olhar multicultural, a América Latina continua sob o risco de ser representada como um parque temático

FICÇÃO
Breves conferências, ANNE CARSON
A poeta canadense borra os limites entre os gêneros literários combinando referências eruditas e anotações íntimas como as de um diário

ALFABETO serrote
C de Caos, TILO SCHABERT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *